Chefs

Daniela França Pinto

A chef Daniela França Pinto não sabe precisar quando começou a cozinhar. “Cozinho desde sempre. Venho de uma família grande, com sete irmãs, que tem essa tradição e acredita que à mesa não se envelhece”, conta. Pouco antes de iniciar a faculdade de pedagogia, ela trabalhou no Buffet Charlô, para ter certeza de que estava no caminho certo. Quando soube da existência do curso de gastronomia na Anhembi Morumbi, trocou o curso de pedagogia na hora.

Em 2003, abriu o restaurante Lola Bistrot, que funcionou ao longo de uma década. Oito anos depois, abriu o Marcelino Pan y Vino. Ao fechar o Marcelino, Daniela decidiu que era hora de mudar de rumo. Antes da abertura do Cortés Asador, foi convidada para montar o cardápio da casa. Passou meses cozinhando e testando receitas ideais para o perfil do Cortés, com perfil asador, cozinha de fogo, e ênfase na qualidade dos produtos. “Sempre tento deixar claro que o simples não é fácil. Na verdade, é difícil zelar pelo ponto perfeito de cocção na parrilla, pela qualidade do ingrediente como fazemos aqui”, diz.

Continua após o anúncio
Mostrar mais

Prazeres da Mesa

Lançada em 2003, a proposta da revista é saciar o apetite de todos os leitores que gostam de cozinhar, viajar e conhecer os segredos dos bons vinhos e de outras bebidas antecipando tendências e mostrando as novidades desse delicioso universo.

Artigos relacionados

Leia também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar