Chefs

Fábio Vieira

Fábio Vieira estudou Rádio e TV e Cinema, antes de começar a frequentar, despretensiosamente, o curso de Gastronomia, na Universidade Metodista de Piracicaba. Foi aos 30 anos, então, que ele descobriu sua profissão: ser cozinheiro. Ele conta que foi tudo muito rápido do diploma à mudança para São Paulo, passagem pelos restaurantes Tordesilhas, da chef Mara Salles, Restaurante Hofmann, em Barcelona (uma estrela Michelin), e Casa de Maria Madalena, assim como a gerência de alimentos e bebidas em um hotel fazenda para crianças.

Com bastante experiência acumulada, seu próximo passo foi montar a própria casa, o Micaela, que foi batizado em homenagem à bisavó espanhola. Ali, há pouco mais de dois anos, depois de pesquisar, o cozinheiro começou a incluir mais ingredientes brasileiros em suas receitas, sempre de forma intuitiva e original. “Cozinhar é ter intimidade com o alimento”, diz Fábio. Assim, surgiram o risoto de tucupi com costelinha de tambaqui (feito com arroz bomba, o mesmo da paella), e a galinhada (que inclui preparos como a escalivada, de grelhar de defumar os pimentões). Essa cozinha de autor escorada em pesquisa de produtos e sem frescura rendeu a Fábio Vieira o prêmio de chef revelação em poucos meses de casa e é o que mantém a boa toada de críticas em relação a seu trabalho.

Continua após o anúncio
Mostrar mais

Prazeres da Mesa

Lançada em 2003, a proposta da revista é saciar o apetite de todos os leitores que gostam de cozinhar, viajar e conhecer os segredos dos bons vinhos e de outras bebidas antecipando tendências e mostrando as novidades desse delicioso universo.

Artigos relacionados

Leia também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar