Destaque PrincipalNotícias

Aprenda a fazer o papilotte de robalo do Manacá

Restaurante de Edinho Engel, localizado no Litoral Norte de São Paulo, reabre as portas repleto de novidades

Localizado em Camburi, no Litoral Norte de São Paulo, o restaurante Manacá acaba de reabrir as suas portas. Afinal, pouco tempo depois de celebrar os 30 anos da casa, o chef Edinho Engel se viu obrigado a pausar as atividades devido à pandemia. Porém, ele não ficou de braços fechado. Ou seja, aproveitou os últimos meses para repaginar desde o projeto paisagístico da entrada, até o menu e a carta de vinhos. Tantas mudanças incluem ainda um novo sócio: o restaurateur Maurício Cavalcanti (que comandava o Più e o Piccolo, na capital).

Quem visitar a casa poderá degustar receitas novas, preparadas pela chef Maria Ferreira; como por exemplo: tiradito de peixe à peruana (R$58) e atum demi cuit com creme de iogurte e caramelo para a entrada.

Já entre os pratos principais, estão delícias do mar como o polvo grelhado com salteado de favas, grão de bico e feijão de corda com azeite de hortelã e purê de cenoura (R$169) e o peixe em crosta de castanhas brasileiras, purê de inhame, creme de cúrcuma e vinagrete de gengibre (R$97).

Continua após o anúncio

Por fim, as sobremesas encerram a experiência com frescor e leveza. É o caso da pavlova à Manacá (R$27), com suspiros, frutas vermelhas, hortelã e creme inglês; e da tarte tatin ao zimbro e chantilly (R$26).

Além disso, com o reforço de Maurício Cavalvanti, que também é sommelier, a carta de vinhos do Manacá foi repaginada. E há uma nova seleção de drinques, como o limoncello spritz; e o Macunaíma.

A casa funciona de terça a domingo, mas quem estiver longe, pode levar um pouco dos sabores do restaurante graças à receita de papillote de robalo em folha de bananeira.

Papillote de robalo em folha de bananeira

Rendimento: 4 porções

  • Peixe
  • 4 filés de robalo de 180 g cada um
  • 2 colheres (sopa) de azeite extravirgem
  • sal, limão e pimenta-do-reino
  • Recheio
  • 6 camarões rosa médios
  • 2 colheres (sopa) de manteiga, 2 colheres (sopa) de alcaparras, 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 3 tomates descascados e cortados em cubos
  • 2 bananas-nanicas
  • 1 folha de louro, 1 alho-porró, 1 cebola média ralada, 1 pimentão vermelho cortado em quatro
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
  • farinha de mandioca
  • 1 colher (sopa) de salsinha, 1 colher (sopa) de cebolinha
  • Folhas de bananeira
  • Arroz branco para acompanhar

  1. Em uma panela refogue, em  manteiga, o alho-porró cortado bem fino, bem como a cebola ralada e o pimentão, deixe murchar.
  2. Acrescente, então, os tomates cortados em cubos, a folha de louro, as alcaparras, além do sal e da pimenta-do-reino.
  3. Cozinhe por cinco minutos e, então, acrescente os camarões cortados, refogue por mais dois minutos.
  4. Na sequência, misture a salsinha e a cebolinha.
  5. Depois, acrescente farinha de mandioca até obter uma farofa bem úmida.
  6. Corte as bananas em rodelas e misture à farofa.
  7. Corte cada filé em dois e tempere-os com sal, bem como gotas de limão e pimenta-do-reino. Depois, corte a folha de bananeira com aproximadamente 30 cm de diâmetro.
  8. Então, disponha no centro de cada folha um filé de robalo; bem como a farofa e outro filé, formando um sanduíche. Feche, enfim, o papillote e grelhe em chapa, churrasqueira ou frigideira por aproximadamente 15 minutos.
  9. Por fim, sirva acompanhado por arroz branco.

Receita de Edinho Engel, do Manacá, em Camburi, SP; restaurantemanaca.com.br

Etiquetas
Mostrar mais

Prazeres da Mesa

Lançada em 2003, a proposta da revista é saciar o apetite de todos os leitores que gostam de cozinhar, viajar e conhecer os segredos dos bons vinhos e de outras bebidas antecipando tendências e mostrando as novidades desse delicioso universo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar