Destaque PrincipalReportagensViagens

Beliscos à italiana

Foi na charmosa Sicília, no sul da Itália, que nasceu o arancini

Foi na charmosa Sicília, no sul da Itália, que nasceu o arancini. O bolinho feito a partir das sobras de risoto é, hoje, um símbolo da região, com direito a casas especializadas, que o oferecem em diferentes opções de recheio. Mais do que isso, o preparo ganhou versões pelo mundo, inclusive em São Paulo, claro.

A QT Pizza Bar foi inaugurada no final de 2019, mas logo deparou com a necessidade de fechar as portas devido à pandemia. Assim, adaptou o cardápio para o delivery, retirando temporariamente as receitas que não viajariam bem.

Porém, uma das entradas queridinhas da pizzaria continua disponível para pedir em casa: o arancini de costela com maionese de agrião. “Acho que a costela que fazemos remete a uma rabada e, para mim, combina bem com agrião”, diz a chef que assina o menu, Vitória Calmon.

Continua após o anúncio

E a chef aproveita para dar duas dicas a quem for fazer arancini em casa. “Pode-se fazer a costela na panela de pressão em vez de usar o forno. Mas, nesse caso, não se deve colocar muita água, porque senão a costela não ficará dourada, se manterá esbranquiçada.”

Foto: Carolina Demper/ divulgação.

 

Etiquetas
Mostrar mais

Isabel Raia

Na equipe desde 2014, Isabel Raia é editora de Prazeres da Mesa. É formada em jornalismo, pela PUC-SP e pela Universidad de Castilla-La Mancha (na Espanha), e pós-graduada em Cozinha Brasileira, pelo Senac. Isabel tem na gastronomia uma de suas grandes paixões (principalmente se a receita incluir queijo ou chocolate).

Artigos relacionados

Leia também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar