Destaque PrincipalReportagens

Dia dos Avós: a data que é pura afetividade

Docinhos, quitutes e receitas especiais são uma forma de fazer lembrar dos bons momentos ao lado de nossos queridos avós. Retribua o carinho com nossas dicas para presenteá-los no dia 26 de julho

As melhores memórias de infância normalmente estão relacionadas à comida, principalmente aquela preparada por nossos avós. Não à toa, muitos cozinheiros decidem investir na profissão inspirados pelas refeições ao lado da família. No Dia dos Avós, celebrado no dia 26 de julho, são essas receitas repletas de afetividade que embalam a comemoração.

O Dia dos Avós é celebrado no Brasil e em Portugal e tem sua origem no catolicismo. O vigésimo sexto dia deste mês, portanto, é dedicado aos pais de Maria, Sant’Ana e São Joaquim, os avós de Jesus. Porém, foi apenas nos anos 1980 que a data ganhou popularidade. Ana Elisa do Couto (1926-2007), conhecida como Dona Aninhas, era uma avó portuguesa que vivia em Penafiel. Ela acreditava que a data não recebia o merecido reconhecimento e, dessa maneira, passou a ser militante da causa, ganhando, inclusive, uma placa em praça pública de sua cidade.

Fortalecendo as relações

No que tange a cozinha, os avós têm grande influência na vida de seus netos. Quem nunca se lembra com carinho do pudim de leite que a avó costumava fazer para a sobremesa ou ainda da macarronada de domingo, responsável por reunir toda a família ao redor da mesa?

Continua após o anúncio

Mônica Rangel, chef do restaurante Gosto com Gosto, em Visconde de Mauá, e avó de duas meninas, acredita que esses momentos em família são de extrema importância. “Cozinhar com seus netos é importante porque toda criança precisará cozinhar um dia, de um jeito ou de outro”, diz. “Então, é um aprendizado não só de cozinha, mas de vida.”

Mônica Rangel com suas netinhas na cozinha | Foto: arquivo pessoal
Mônica Rangel com suas netinhas na cozinha | Foto: arquivo pessoal

Desde que a pandemia se instaurou no país, a filha e as netas foram morar com Mônica, permitindo que passassem ainda mais tempo juntas, inclusive na cozinha. “Minhas netinhas são veganas e vivemos inventando receitas: cookies, bolos e pães, preparos que elas podem colocar a mão na massa.” Mas, segundo Mônica, são os doces que elas mais gostam de preparar e, claro, comer. “Elas dizem que a melhor comida do mundo é a minha. E isso ficará para sempre na memória delas, com certeza.”

Receitas de família

As referências culinárias de Mônica também vêm de sua avó materna, mineira e cozinheira de mão-cheia. “Lembro-me de sempre ajudá-la a enrolar biscoitos e bater o bolo, por exemplo”, conta. Para a chef, são esses momentos que ajudam, inclusive, a fortalecer a relação afetiva.

Porém, para aqueles que não podem estar perto de seus avós no próximo dia 26 de julho, Mônica sugere presenteá-los usando a tecnologia a seu favor, como uma homenagem em vídeo ou uma postagem nas redes sociais. “Ou, ainda, preparar uma receita muito bacana e enviá-la a eles. Eu faria isso se tivesse a oportunidade.”

Quando as memórias se tornam negócio

Renato Dianese
Renato Dianese

Renato Dianese decidiu transformar as lembranças da infância junto à família em profissão. Há poucos meses, o chef, que já passou pela área de confeitaria e panificação de renomados hotéis, como Unique e Renaissance, inaugurou a cafeteria Lá na Vó.

Localizada em São Paulo, no bairro da Saúde, a casa é uma homenagem aos avós de Renato e de sua esposa. Além das preparações recheadas de afetividade, a decoração traz objetos antigos e garimpados nas casas das vovós e está sendo, ainda, preenchida de forma colaborativa em conjunto com os clientes.

“Quando criança, eu vivia muito com a minha avó”, conta Renato. “Ela morava conosco e, já que minha mãe trabalhava fora, eu ficava o dia inteiro na companhia dela. Então muitas coisas de minha infância eu lembro dessa época, de todo o afeto e, principalmente, das comidinhas que ela fazia. E a ideia da cafeteria partiu disso.”

Decoração do Lá na Vó, com objetos antigos
Decoração do Lá na Vó, com objetos antigos
Sabor e ternura

As receitas do Lá na Vó são elaboradas por Renato e seu pai, conhecido como vovô Landão, e incluem pavê da vó Wilma; tortas de frango e palmito; bolo de cenoura; pão de queijo; bolo de coco gelado; e outras diversas preparações facilmente encontradas à mesa de vovós pelo país. Além disso, faz sucesso por lá o bolinho de chuva, bastante simples de ser feito e que você confere a receita aqui.

Para o Dia dos Avós, a sugestão de presente do Lá na Vó é uma cesta muito especial, composta por pão caseiro, potinhos de requeijão, manteiga e geleia, além de café, xícara e coador individual. Os pedidos podem ser feitos por WhatsApp (11) 99872-4970 e serão entregues no próprio domingo.

“A ideia da casa e dos produtos é que a gente consiga levar um pouco de afeto e conforto às pessoas” afirma Renato. “Isso porque estamos cada vez mais com menos tempo, menos contato com as pessoas. Mas essa relação com a família é muito importante. Eu e minha esposa estamos planejando ter filhos e, quando vierem, quero que aprendam muito com o meu pai, que é apaixonado por gastronomia. Que eles possam sempre cozinhar juntos.”

Bolinho de chuva do Lá na Vó | Foto: divulgação
Bolinho de chuva do Lá na Vó | Foto: divulgação

Confira, portanto, mais dicas para presentear os nossos queridos avós.

Rio de Janeiro

Amelie Creperie et Bistrot
Amelie Creperie et Bistrot | Foto: Oseias Barbosa, divulgação
Amelie Creperie et Bistrot | Foto: Oseias Barbosa, divulgação

A fim de celebrar o Dia dos Avós, o Amelie Creperie et Bistrot preparou kits em parceira com o Ateliê Arte do Forno, que assina as colheres de cerâmica produzidas exclusivamente para a data. Dessa maneira, são dois kits de menu degustação, sendo que o primeiro inclui trufas de queijo de cabra, queijo canastra chamuscado com mel trufado, farofa de nozes e ragu de linguiça; galette Hermitage recheada de queijo emmetal, presunto, ovo e flor de sal; torradinhas de trigo sarraceno; bem como potinhos de geleia de tomate e de manteiga trufada com uma colher de cerâmica de presente (R$ 139).

Além disso, a segunda opção traz picadinho para dois; galette recheada de presunto Parma, queijo de cabra, mel trufado e amêndoas tostadas; potinhos de geleia de morango, manteiga trufada; e brigadeiro de limão com uma colher de cerâmica (R$ 190).

Serviço. Os pedidos podem ser feitos pelo Instagram, telefone (21) 96573-5150 ou iFood. @ameliecreperie

Conflor

Para a data, a confeitaria vegana lançou um kit exclusivo de bolo caseiro e cerâmica, por 149 reais. Além disso, pensando na saúde dos avós, as receitas dos bolos são adoçadas com açúcar de coco, que contém baixo índice glicêmico. Há diversas opções de sabor, como por exemplo baunilha e chocolate.

Serviço. O kit pode ser encomendado pela loja virtual ou pelo WhatsApp (21) 98167-7220; @conflorvegan

Conflor | Foto: Klacius Ank, divulgação
Conflor | Foto: Klacius Ank, divulgação

São Paulo

A Torteria

A Torteria oferece três opções de torta para o Dia dos Avós. Para os tradicionais, a pedida é a torta de frango em cubinhos, temperado com mix de ervas, tomate e, ademais, leva um toque de limão siciliano e requeijão cremoso (R$ 129, a grande); ou, ainda, a de limão-siciliano com coulis de frutas vermelhas (R$ 125).

Aos avós gourmet, a opção é a quiche de cogumelo-paris, parmesão e azeite trufado (R$ 130); e o NYC style cheesecake com calda de frutas vermelhas ou calda de goiaba artesanal (R$ 150). Além disso, a casa tem receitas para os avós vegetarianos: palmito pupunha, requeijão cremoso, tiras de cenoura e tomate (R$ 129); quiche de mussarela de búfala, tomatinho e manjericão (R$ 105); e banana com doce de leite artesanal e gotas de chocolate (R$ 120).

Serviço. Encomendas e pedidos por telefone (11) 4306-6943, WhatsApp (11) 94594-3042, Rappi e IFood; @atorteria

Casa Bonometti

Lu Bonometti, para a data comemorativa, sugere uma torta japonesa de frutas, feita de nozes, coco e uvas passas claras. A tortinha individual sai pelo valor de 15 reais, enquanto a de 18 cm custa 50 reais e a de 21 cm, 80 reais.

Serviço. Pedidos podem ser feito via e-commerce ou ainda retirados na loja, tel. (11) 2774-1888; @casabonometti

Dona Deôla

A rede de padarias Dona Deôla tem como opção para os avós uma cesta de café da manhã. O combinado inclui bolo de laranja; minichipa; minipão delícia com atum e azeitona; geleias de damasco e morango; rosquinha; chá Basilur Rosa Mosqueta; minissanduíches; carolinas; torradas e outras delícias. O kit, portanto, custa 159 reais e é necessário encomendar com 24 horas de antecedência.

Serviço. Pedidos pela loja on-line; @donadeola

Etiquetas
Mostrar mais

Beatriz Albertoni

A paulistana divide-se entre duas paixões: jornalismo e gastronomia. Formada pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, a repórter está na redação de Prazeres da Mesa desde 2015. Adora conhecer histórias, viajar e apreciar um bom show de rock, além de nunca recusar bolo acompanhado de cafezinho.

Artigos relacionados

Leia também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar