Destaque PrincipalReportagens

A versatilidade da coquetelaria

O mixólogo Felipe Moreira provou que nas coqueteleiras vale apostar na criatividade

Felipe Moreira
Felipe Moreira

Gim, uísque ou cerveja, não importa: na hora de preparar drinques, o ingrediente principal é a criatividade. E foi a ideia de se permitir combinar diferentes insumos que o mixólogo Felipe Moreira transmitiu ao público do Mesa Minas. Em aula, o especialista – na área da coquetelaria há cerca de dez anos – preparou três drinques, porém com produtos diferentes.

Ao Lebbos Hop Gin, Felipe combinou, na primeira receita, xarope de tangerina, licor 43 (bebida à base de conhaque feita com 43 ervas), Martini bianco, hortelã e suco de laranja. “Esse gim tem na receita a adição de lúpulo americano, o que traz características floral e cítrica, aliadas ao herbal típico do destilado”, disse. “Esse drinque é bastante refrescante, para tomar à beira da piscina.”

Em seguida, com o mesmo produto, ele preparou mais um coquetel, mas dessa vez com toques mais cítricos. O gim acompanhou suco de limão, cerveja de trigo, refrigerante e, além disso, espuma de gengibre. “O legal é que a cerveja também leva capim-limão, o que oferece um sabor especial ao conjunto.”

Continua após o anúncio

Por fim, foi a vez de o uísque estrelar em um coquetel. Intitulado 3 Lobos, a bebida é single malte, destilada em alambique de cobre, utilizando malte cervejeiro. “Ele é envelhecido em barril de carvalho americano, que antes continha Bourbon”, afirmou Felipe. Para a receita, o mixólogo misturou ao uísque mel, suco de maracujá e Campari. O toque especial ficou por conta do damasco e do chocolate amargo, responsáveis por finalizar o drinque. “São guarnições que vão deixando a bebida mais doce e oferecem sabor especial a cada gole.”

Confira as receitas:

Exterminador de gim 

1 drinque

  • Xarope de açúcar
  • 1 kg de açúcar
  • 1 litro de água
  • Espuma de limão-siciliano
  • 300 ml de suco de limão-siciliano
  • 300 ml de água (2)
  • 100 ml de água (1)
  • 150 g de açúcar; 25 g de emustab
  • 3 g de goma xantana
  • 3 limões-sicilianos, apenas as cascas
  • 2 cápsulas de gás para sifão
  • Montagem
  • 50 ml de gim
  • 30 ml de cerveja American Wheat
  • 30 ml de ginger ale
  • 25 ml de xarope de açúcar
  • 25 ml de suco de limão
  • Raspas de limão-siciliano e espuma de limão-siciliano a gosto
Xarope de açúcar

1 Misture a água com açúcar e leve ao fogo médio até diluir todo o açúcar. Reserve.

Espuma de limão-siciliano

1 Misture a água (1), o açúcar, as cascas de 3 limões e ferva por 25 minutos. 2 Após o xarope pronto, acrescente a água (2), goma xantana, emustab e bata até ficar homogêneo. 3 Em seguida, coloque todo o líquido no sifão e espere resfriar. Por fim, quando resfriado, coloque as 2 cápsulas no sifão.

Montagem

1 Coloque na coqueteleira o gim, limão e, além disso, o simple syrup. Misture. 2 Sirva no copo e complete com a cerveja e o ginger ale. Por fim, finalize com a espuma e raspas de limão.

Tangerine 

1 drinque

  • Xarope de açúcar
  • 1 kg de açúcar
  • 1 litro de água
  • Montagem
  • 50 ml de gim
  • 25 ml de xarope de açúcar
  • 25 ml de suco de limão
  • 7 ml de licor 43
  • 3 ml de vermute seco
  • 4 folhas de hortelã
  • 1 mexerica
Xarope de açúcar

Misture a água com açúcar e leve ao fogo médio até diluir todo o açúcar. Reserve.

Montagem

1 Coloque na coqueteleira todos os ingredientes e misture. 2 Em seguida, aromatize a taça com o vermute seco, encha de gelo e depois coe o drinque sobre o gelo.

3 Lobos 

1 drinque

  • 70 ml de suco de maracujá sem açúcar
  • 50 ml de uísque 3 lobos
  • 35 ml de mel
  • 10 ml de Campari
  • Raspas de chocolate amargo e damasco a gosto

1 Coloque o mel na coqueteleira; em seguida, despeje o uísque sobre o mel e mexa sem gelo até o mel diluir. 2  Acrescente gelo, suco de maracujá e o Campari. Bata bem. 3 Sirva no copo com gelo britado, raspas de chocolate amargo e damasco por cima.

Receitas de Felipe Moreira, mixólogo, Belo Horizonte, MG

 

Etiquetas
Mostrar mais

Beatriz Albertoni

A paulistana divide-se entre duas paixões: jornalismo e gastronomia. Formada pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, a repórter está na redação de Prazeres da Mesa desde 2015. Adora conhecer histórias, viajar e apreciar um bom show de rock, além de nunca recusar bolo acompanhado de cafezinho.

Artigos relacionados

Leia também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar